quarta-feira, 29 de abril de 2009

Jornalismo Sensacionalista

Considerado uns dos pontos negativos do "novo jornalismo", a imprensa sensacionalista tem como único objetivo prender a atenção do público a qualquer custo, visando sempre a audiência, esse tipo de jornalismo torna-se cada vez mais evidente com a guerra do capitalismo que vivemos hoje em dia, na busca exarcebada pela audiência, o sensacionalismo empobrece cada vez mais o jornalismo.

Preocupado apenas em falar o que o público quer ouvir, esse tipo de jornalismo esquece que a verdadeira função vai além de relatar os fatos, mas também propor soluções que ajudem a resolver os problemas apresentados.

Um programa onde é muito claro ver os traços desse tipo de jornalismo é o extinto Aqui Agora que durante muitos anos foi uns dos primeiros colocados na audiência do SBT. Sempre tendo como base reportagens policiais, especialmente assassinatos e crimes escandalosos,exibia fofocas do meio artístico e um quadro sobre a defesa do consumidor.

Serviu de inspirações para programas como Cidade Alerta e Brasil Urgente.

O Sensacionalismo é caracterizado pelo exagero, apelo emotivo e pelo uso de imagens fortes e serviu de inspiração para a criação de um tipo de imprensa, a imprensa marrom que é baseada no exagera e/ou na invenção das notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário